ESPORTES

AVAÍ DERROTA O VASCO, E MARCELO CABO JÁ SENTE O CHEIRO DA CRISE SE INSTALANDO EM SÃO JANUÁRIO

O VASCO FOI TÃO MAL NO JOGO, QUE O AVAÍ PARECIA O DONO DA CASA. NÃO SE SABE SE ERA A FALTA DO TREINADOR A BEIRA DO CAMPO OU O OUTRO FATOR PARA O MAL FUTEBOL APRESENTADO PELO TIME, QUE PERDEU A SEGUNDA EM CASA E CONTINUA COM O SINAL DE ALERTA LIGADO. 

Texto e imagens: Marco d Moraes

O Avaí derrotou o Vasco dentro de São Januário.  Agora a conversa ainda é suave pois ainda estamos na quarta rodada e temos uma longa temporada pela frente, mas esses pontos podem fazer uma grande diferença lá no final se o time não melhorar e por uma razão ou outra viver o mesmo drama do campeonato passado. Senhores jogadores vascaínos, o sinal de aleta está ligado e não será só a troca de treinador que vai mudar o roteiro é necessário uma mudança de atitude desde agora, ABRAM O OLHO ANTES QUE SEJA TARDE.

A série ‘B’ do Brasileirão, esse ano está bem competitiva e aqueles times que são quase desconhecidos do público querem mostrar que tem condições de jogar com um time muitas vezes campeão e vencer a partida, então tem que aprender e rápido que perder pontos em casa no começo vai fazer falta no final. Os comandados do treinador Marcelo Cabo, que estava suspenso e foi substituído por um auxiliar, fizeram uma partida péssima e mais uma vez viram o adversário passear em seus domínios, onde isso não poderia ocorrer.

O time catarinense estava no Z4, mas com a vitória deixou a incomoda posição e quase que o Vasco foi colocado lá, e o próximo jogo será novamente em S. Januário contra o CRB, que é o quinto colocado na tabela.

VASCÃO HORA DE FICAR ESPERTO

Ricardo marcou mas foi anuladoO Avaí bloqueou o VascoA defesa como sempre não foi bem

Related posts

FLAMENGO VENCE COM GOL DE LINCOLN E EMPURRA BOTAFOGO PARA O Z4

Marco Moraes

VASCO VENCE O CRUZEIRO QUE FICA NO Z4 AGONIZANDO E DE QUEBRA SALVA OS RIVAIS FLUMINENSE E BOTAFOGO DA DEGOLA

Marco Moraes

FLAMENGO VENCE O FLUMINENSE E AGORA ESPERA SEU ADVERSÁRIO DA FINAL DA TAÇA GUANABARA.

Marco Moraes

Comentar