ESPORTES

CAMPEONATO CARIOCA BOMBOU NESSE FINAL DE SEMANA COM JOGOS DE BOTAFOGO, VASCO E FLUMINENSE PELA QUARTA RODADA DA TAÇA RIO

A QUARTA RODADA DA TAÇA RIO MOVIMENTOU O CAMPEONATO CARIOCA COM JOGOS DO BOTAFOGO, VASCO E FLUMINENSE, E O PROTOCOLO PARA O JOGO SEGURO EM TEMPOS DE PANDEMIA SE MOSTROU MUITO EFICAZ.

Texto: Marco d Moraes

Imagens: André Fabiano, Dhavid Normando e Marco d Moraes

A Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, que teve a quarta rodada recomeçado no dia 18 deste mês com a vitória do Flamengo sobre o Bangu, teve nesse domingo quatro jogos e assim o fechamento da rodada.

Começamos pela partida do Botafogo contra a Cabofriense no Engenhão, o time da casa não queria jogar agora e brigou na justiça por esse direito mas teve que ceder frente ao tribunal e com oito dias de treinamento o treinador Paulo Autuori, que durante a semana fez duras criticas a FERJ, foi suspenso e mesmo o clube ter conseguido um efeito suspensivo ele resolveu por vontade própria não ficar no banco de reservas e mandou um auxiliar. Mas isso não tirou o ânimo do elenco que entrou em campo com faixa de protesto e frases na camisa de jogo entre elas a da causa antirracista ” VIDAS NEGRAS IMPORTAM “, e com dois minutos de jogo os jogadores do Fogão se ajoelharam em mais um protesto.

Com a bola rolando, o Botafogo impõem seu jogo rapidamente e logo aos 3 minutos abriu o placar com Pedro Raul, a Cabofriense tentou chegar ao empate só que aos 38 minutos Cícero de fora da área amplia o placar. Na etapa final tudo ficou melhor, os times entraram com fome de bola, e logo aos 4 minutos a Cabofriense desconta com Emerson Carioca, o Fogão não perde o ritmo e aos 8 minutos Pedro Raul faz o seu segundo na partida, aos 13 minutos o adversário marca de pênalti e Diego Sales marca, dando força para tentar um empate, só que a partir desse momento só deu Botafogo, que com um meio campo envolvente marcou aos 29 com Bruno Nazário, aos 34 com Luis Henrique e aos 44 com Caio Alexandre, fechou a goleada no Engenhão.

JOGO SEGURO E SEUS PROTOCOLOS

Assim como foi no Maracanã no jogo do Flamengo, ontem não foi diferente e tivemos todos os profissionais da imprensa presentes no estádio que passar primeiramente pelo Teste Coronavírus – Antigeno, ou mais conhecido por PCR, e depois com o resultado Negativo em mãos, daí sim pudemos confirmar o credenciamento para o campo de jogo. Com a segunda etapa feita, na porta de entrada hora de tirar a temperatura e uma rápida parada no totem para passar álcool-gel 70, e subir a rampa para o campo de jogo, chegando lá indo para suas marcações com o distanciamento de dois metros do seus colega, e com a expressa medida de que nada de comida e água só de copos descartáveis para que a retirada das máscaras fosse só em último caso.

Tive a impressão que todos se sentiram seguros para o trabalho.

E ROLA A BOLA COM O VASCO TAMBÉM FAZENDO BONITO

As 16 horas começava em São Januário a partida entre o Vasco x Macaé, com todos os protocolos do Jogo Seguro em ação e o trabalho de desinfecção acionado em todos os locais onde as pessoas iriam ficar.

E quando a bola rolou o grande destaque foi Germán Cano, que fez três gols na partida dando a vitória ao Vasco por 3 x 1, na estreia do treinador Ramon Menezes, e com a vitória deu uma sobrevida para que o time consiga chegar as semifinais da Taça Rio, uma vez que não depende só do seu futebol para se classificar e vai lutar na última rodada para não ficar fora.

Todos os gols saíram na etapa inicial, e na segunda final o Vasco não foi muito bem, mas mesmo assim perdeu algumas chances claras de ampliar ainda mais o placar.

E O FLUMINENSE QUE NÃO QUEIRA JOGAR, ENTROU EM CAMPO E PERDEU

Novamente no Engenhão, agora para a partida da noite entre Fluminense contra Volta Redonda.

O Fluminense não queria jogar assim como o Botafogo, e acabou aceitando a normativa da justiça, e veio a campo com o velho ídolo Fred, contratado a pouco, mas sem Nenê, que termina a etapa de distanciamento pois nos testes deu positivo para a Covid-19. O time voltou a campo e não só perdeu para o Volta Redonda pelo placar de 3 x 0, como também viu escapar a liderança geral do Carioca, e mesmo indo para as semifinais da Taça Rio, tem que torcer muito para que o rival Flamengo não ganhe se não o campeonato termina e o título do Carioca 2020 será do Mengo.

Mas com uma chuva fina, mas insistente o tricolor carioca não se achou em campo, viu em suas principais peças um baixo nível de jogo e o adversário marcou três e poderia ter feito mais, agora e correr contra o tempo se acertar para a próxima contra o Macaé, e fazer um bom resto de campeonato.   

Related posts

NOS PÊNALTIS O FLUMINENSE VENCE O FLAMENGO E LEVANTA A TAÇA RIO, AGORA, OS TIMES TERÃO DOIS JOGOS PARA DECIDIR O CAMPEÃO CARIOCA

Marco Moraes

VASCO VENCE O SÃO PAULO E TALLES MAGNO MOSTRA QUE TEM ESTRELA

Marco Moraes

BOTAFOGO SEM FORÇA, NÃO SEGURA PRESSÃO DO VASCO E A DERROTA MOSTRA QUE QUEDA É IMINENTE

Marco Moraes

Comentar